top of page

Geração Z e o poder de compra




Com um poder de compra estimado em US$ 360 bilhões, a geração Z vem remodelando as preferências de compras e pagamento se tornando um destaque no estudo mundial feito pela plataforma global de pagamentos Thunes. Atualmente representando o maior grupo populacional do planeta, O CEO da Thunes, Peter De Caluwe fala como os Zoomers são negligenciados e mal interpretados, e avisa “Devemos começar a levar esta geração a sério, visto que as receitas e os planos estratégicos de muitas empresas — especialmente aquelas que contam com o crescimento rápido — dependem deles.”.


A Thunes entrevistaram 6,5 mil pessoas entre 16 e 24 anos e de acordo com a pesquisa, tem pouco entusiasmo por produtos financeiros tradicionais, sejam contas bancárias ou cartões de crédito, conseguimos perceber que a Geração Z além de ter vivenciado a tecnologia desde o seu início já tem o costume de gastar seu dinheiro nas mídias sociais, mas também está ganhando dinheiro cada vez mais lá, 7 em cada 10 disseram que compraram produtos que descobriram nas mídias sociais, como Instagram e Tik Tok.


Com a pesquisa a Thunes também descobriu que as carteiras móveis estão crescendo rapidamente e, em alguns mercados emergentes, quase 50% dos Zoomers agora usam essa categoria de conta, enquanto 62% da Geração Z não têm nenhuma conta bancária devido à forte dependência de carteiras móveis.


A partir de tais dados conseguimos projetar um avanço no mundo das vendas online, estimasse que os Zommers passem a não apenas a pensar nos “mobile-first” e sim vivenciá-lo, já que respiram em aplicativos, mídias sociais, plataformas digitais e em breve — o metaverso.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page