top of page

Quais são os diferentes tipos de Markteplaces?



Marketplace B2C

B2C significa Business-to-Consumer, é um modelo de negócio em que as empresas estão ligadas diretamente aos seus consumidores finais. É o formato que a maioria dos Maketplaces trabalham, uma plataforma onde o consumidor consegue encontrar tudo o que precisa, comparar preços, frete, prazo de entrega e nível de serviço com facilidade, tudo em apenas uma plataforma.

Neste grupo temos como exemplo a Amazon, Mercado Livre, Americanas, Magazine Luiza entre outras.


Marketplace B2B

B2B é a abreviação para Bussiness-to-Bussiness, que tem como premissa a relação entre empresas, ou seja, um Marketplece B2B é para aqueles que procuram um fornecedor, a plataforma é muitas vezes usada para comparar preços, capacidade de entrega e a qualidade dos produtos.

Um exemplo desta categoria de Marketplaces é a Elo7.


Marketplace C2C

Já no C2C, Consumer-to-Consumer é a modalidade em que os próprios consumidores comercializam as mercadorias entre si. Esses canais têm como foco a venda de usados e revendas, ou seja, pessoas buscam um meio alternativo de comprar ou anunciar um artigo fora de uma loja convencional.

Neste grupo os exemplos são a OLX e o Enjoei



Os principais Marketplaces no Brasil



Em maio de 2022 as empresas CupomValido.com.br e Statista fizeram um levantamento com as 20 lojas mais acessadas pelo público brasileiro, nesta pesquisa conseguimos observar o poder de alguns dos Marketplaces tem no País


O Mercado livre está a frente totalizando 241 milhões de acessos por mês. Em segundo lugar a Americanas com os acessos mensais chegando a 108 milhões e no terceiro lugar está a Amazon Brasil com 97 milhões de acessos mensais.



Mercado Livre:

A empresa argentina começou em 1999 e atualmente opera em 18 países sendo o maior Marketplace da América Latina. No Brasil, a empresa tem mais de 17 milhões de vendedores e a própria empresa afirma que seus números representam uma fatia de 0,12% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.


Americanas:

A Americanas teve seu início em 1929, mas apenas começou a vender seus produtos na internet em 1999, e hoje conta com cerca de 90 mil vendedores ativos por todo o Brasil. Com uma base de 16 milhões de compradores ativos, a empresa cresceu 200% em vendas de 2020 para 2021 e tem a tendência de crescer mais ainda neste ano.


Amazon Brasil:

A empresa de Jeff Bezos foi fundada em 1994, chegou ao solo brasileiro em 2012, e apenas em 2017 começou realmente a atuar como Marketplace. Mesmo que a pesquisa tenha apontado a Amazon como o terceiro lugar a empresa vem passando por um baixo desempenho, a Amazon teve seu primeiro prejuízo trimestral desde 2015 neste início de ano.



20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page